Bobby McFerrin e Roscoe Mitchell estão entre os novos NEA Jazz Masters

28/06/2019 | 10:21

Por Emerson Lopes*

Anualmente, a entidade National Endowment for the Arts (NEA) premia pessoas que de alguma maneira contribuíram para o desenvolvimento do jazz. Desde 1982, cerca de 100 personalidades, entre músicos, compositores, arranjadores, jornalistas, radialistas e escritores, receberam a honraria batizada de NEA Jazz Masters. Nomes como Count Basie, Sonny Rollins, Dizzy Gillespie, Miles Davis, Sarah Vaughan, Chick Corea, Ella Fitzgerald, Pat Metheny e Dan Morgenstern já foram premiados pela NEA.

Em 2019, os vencedores foram o cantor Bob Dorough, a arranjadora Maria Schneider, o pianista Abdullah Ibrahim e o crítico Stanley Crouch. Na página oficial da entidade você encontra a relação de todos os vencedores e uma breve biografia de cada um deles. Clique aqui para acessar a lista completa.

No início de maio, foram divulgados os nomes dos novos membros deste seleto grupo em 2020. São eles: o cantor Bobby McFerrin, o saxofonista Roscoe Mitchell, o baixista Reggie Workman   e a radialista Dorthaan Kirk. A festa de premiação acontecerá no dia 2 de abril, em São Francisco (EUA).

Com quase quatro décadas de carreira, McFerrin é um dos mais talentosos vocalistas de toda a história. Ele apareceu no meio da década de 1980 e estourou com a música “Don’t Worry Be Happy”. Desde então, construiu uma carreira impecável dentro do jazz e da música erudita com seu canto a capela inconfundível. O saxofonista Roscoe Mitchell, de 78 anos, é um dos fundadores do emblemático grupo Art Ensemble of Chicago e um dos pilares do movimento avant-garde.

Outro veterano é o baixista Reggie Workman, de 82 anos. No currículo, passagens pelos grupos do baterista Roy Haynes e do pianista Red Garland, além de ter tocado no quarteto do saxofonista John Coltrane. A radialista Dorthaan Kirk, única premiada que não é músico, é conhecida como “Fisrt Lady of Jazz”. Ela trabalhou por décadas na rádio WBGO, de Nova Jersey (especializada em jazz), e, até hoje, está envolvida em projetos relacionados ao jazz. Dorthaan é viúva do saxofonista Rahsaan Roland Kirk,

Nos vídeos abaixo, você encontra uma faixa do disco Duets With Tyshawn Sorey & Special Guest (2013), de Roscoe Mitchell, a íntegra do disco Plays Eric Satie (1984), do pianista Mal Waldron, com a participação do baixista Reggie Workman, e o clipe da música “Opportunity”, do disco Spontaneous Inventions (1986), do cantor Bobby McFerrin.

 

 

*Emerson Lopes    é jornalista, autor do livro     Jazz ao seu alcance, da editora Multifoco, e apresentador do podcast     Jazzy.     Saiba mais sobre o livro     aqui. Ouça o podcast    aqui

NULL

Por Emerson Lopes*

Anualmente, a entidade National Endowment for the Arts (NEA) premia pessoas que de alguma maneira contribuíram para o desenvolvimento do jazz. Desde 1982, cerca de 100 personalidades, entre músicos, compositores, arranjadores, jornalistas, radialistas e escritores, receberam a honraria batizada de NEA Jazz Masters. Nomes como Count Basie, Sonny Rollins, Dizzy Gillespie, Miles Davis, Sarah Vaughan, Chick Corea, Ella Fitzgerald, Pat Metheny e Dan Morgenstern já foram premiados pela NEA.

Em 2019, os vencedores foram o cantor Bob Dorough, a arranjadora Maria Schneider, o pianista Abdullah Ibrahim e o crítico Stanley Crouch. Na página oficial da entidade você encontra a relação de todos os vencedores e uma breve biografia de cada um deles. Clique aqui para acessar a lista completa.

No início de maio, foram divulgados os nomes dos novos membros deste seleto grupo em 2020. São eles: o cantor Bobby McFerrin, o saxofonista Roscoe Mitchell, o baixista Reggie Workman   e a radialista Dorthaan Kirk. A festa de premiação acontecerá no dia 2 de abril, em São Francisco (EUA).

Com quase quatro décadas de carreira, McFerrin é um dos mais talentosos vocalistas de toda a história. Ele apareceu no meio da década de 1980 e estourou com a música “Don’t Worry Be Happy”. Desde então, construiu uma carreira impecável dentro do jazz e da música erudita com seu canto a capela inconfundível. O saxofonista Roscoe Mitchell, de 78 anos, é um dos fundadores do emblemático grupo Art Ensemble of Chicago e um dos pilares do movimento avant-garde.

Outro veterano é o baixista Reggie Workman, de 82 anos. No currículo, passagens pelos grupos do baterista Roy Haynes e do pianista Red Garland, além de ter tocado no quarteto do saxofonista John Coltrane. A radialista Dorthaan Kirk, única premiada que não é músico, é conhecida como “Fisrt Lady of Jazz”. Ela trabalhou por décadas na rádio WBGO, de Nova Jersey (especializada em jazz), e, até hoje, está envolvida em projetos relacionados ao jazz. Dorthaan é viúva do saxofonista Rahsaan Roland Kirk,

Nos vídeos abaixo, você encontra uma faixa do disco Duets With Tyshawn Sorey & Special Guest (2013), de Roscoe Mitchell, a íntegra do disco Plays Eric Satie (1984), do pianista Mal Waldron, com a participação do baixista Reggie Workman, e o clipe da música “Opportunity”, do disco Spontaneous Inventions (1986), do cantor Bobby McFerrin.

 

 

*Emerson Lopes    é jornalista, autor do livro     Jazz ao seu alcance, da editora Multifoco, e apresentador do podcast     Jazzy.     Saiba mais sobre o livro     aqui. Ouça o podcast    aqui

COMPARTILHE